Latente I

by praerigidus

Atrevo-me a existir, a querer ser mais do que os contornos que me limitam, a fronteira que nos toca mas que não termina no limiar dos nossos sentidos, porque não me resumo simplesmente a um ser material, quero ser, ser existente, ser humano, ser vontade de me imiscuir  num ser que não apenas envolto em mim próprio mas inteiro em meu redor.

Advertisements