XXXIV

by praerigidus

Somos ditados pelo que o hábito nos dita, personificados pelo costume de simplesmente ser, reflectir, abrandar, por fim escutar, para que mais que hábito possamos ser.

Advertisements