XXII

by praerigidus

Fascinas-me. Desde que me recordo. A tua presença sempre se fez notar, e sempre que te percebo lá ao longe sinto uma atracção dificilmente explicável. Talvez não seja assim tão inexplicável, mas a razão do nosso amor, essa, essa ficará apenas para ti, grave e cínica, até que um dia desças graciosamente com a resposta na superfície enrugada que tão sublime caracteriza o teu corpo.

Advertisements