XI

by praerigidus

Na expectativa de o querer
Na esperança de não ver morrer
Algo mais abstracto que real
Sente-se o poder fatal
De esperar mais do que viver.

Advertisements